terça-feira, 10 de maio de 2016

Deputado do PDT da Bahia pode ter mandato suspenso após vídeo em que cheira genitália de sua mãe



Indignada com o vídeo em que o deputado Pastor Sargento Isidório (PDT-BA) cheira a genitália de sua mãe, a deputada estadual Fabíola Mansur (PSB-BA) pedirá uma punição para o parlamentar no Conselho de Ética da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). Em entrevista à Rádio Vida FM, nesta terça (10), ela confirmou que entrará com a ação.

“Ele expõe sua mãe deitada, tocando em sua genitália. É um ato de quebra de decoro parlamentar. Amanhã estarei submetendo, na Comissão da Mulher da AL-BA, um oficio para uma ação de censura. Isidório presta um desserviço. Fere a Constituição. Confunde a população. O vídeo foi um acinte para todas as mães baianas. Fez isso para ter voto. Não podemos pensar em voto, tem que ter responsabilidade”, disse.



Ela evitou falar em possíveis punições, mas acrescentou que prefere uma suspensão temporária do mandato do deputado. “O Conselho de Ética vai analisar a penalidade. Você denuncia o descumprimento de deveres”, completou. “São aberrações que envergonham estar deputada junto com ele”, concluiu.

Com informações e fotos do Varela Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário