quarta-feira, 25 de maio de 2016

Condenado pela Justiça, prefeito de Juazeiro nega desvio de verba




Um dia após ser condenado pelo Tribunal de Justiça da Bahia por irregularidades no uso de recursos públicos, o prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho (PCdoB) emitiu nota em que nega ter desviado verba pública. Ele explicou que o ato que resultou em sua condenação "se deu por conta de um erro de publicação da lei orçamentária". Agora, o gestor promete recorrer da decisão que o condenou a um ano, 11 meses e 10 dias de prisão, por cometer ilegalidades com recursos públicos ao longo de 2010, quando o gestor teria remanejado ilegalmente, segundo a Justiça, recursos orçamentários, mediante emissão de decretos de abertura ilícita de créditos adicionais suplementares, cujo montante chega a aproximadamente R$ 112 milhões.

A pena foi substituída pela perda do cargo e inelegibilidade e inabilitação para o exercício de função pública durante cinco anos, além do pagamento de multa e prestação de serviços à comunidade. Nesta eleição, o comunista não será prejudicado, já que não tentará a reeleição.

Em março deste ano, o mesmo prefeito foi multado Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) pela prática de nepotismo com sua companheira, Zane Ellen Barbosa Nunes, para o cargo de assessora executiva e de Angelita Carvalho, sua irmã, para o cargo de chefe de gabinete. Ainda forma nomeados primos, esposas de primos e cunhada.

Bocão News-Blog Velho Chico 

Nenhum comentário:

Postar um comentário